PUBLICIDADE

Nisa: “Casa das Memórias” nasce no edifício da antiga cadeia

O Município de Nisa vai inaugurar no próximo sábado, 22 de junho, a “Casa das Memórias”. Segundo a autarquia, trata-se de um “novo espaço cultural, moderno e multifacetado, que integra a estratégia de valorização” do centro histórico da vila.

Com início previsto para as 19h30, o programa de abertura da “Casa das Memórias” iniciar-se-á junto à Igreja Matriz com a recriação de um casamento em Nisa à moda antiga, encenado pelo Rancho Típico das Cantarinhas de Nisa.

A este momento etnográfico seguir-se-á a inauguração do “Canto da Muralha” – um arranjo paisagístico levado a cabo pelo Município para tornar visível o pano de muralha descoberto durante a empreitada de requalificação do edifício da “Casa das Memórias”, instalada na antiga cadeia velha e na casa adjacente. “Passam a ser um único edifício onde a traça antiga e a modernidade se apresentam numa simbiose perfeita e com muito requinte”, refere fonte municipal, acrescentando que o novo equipamento “inclui espaços diversificados e com motivações distintas, mas que coincidem no objetivo central de preservar e dinamizar da cultura local”.

Segundo a Câmara, trata-se de “um conceito diferenciador que une no mesmo edifício o Arquivo Histórico Municipal, espaços para reuniões e conferências, uma exposição permanente dedicada aos trajes do concelho, uma sala dedicada ao rei D. Dinis e ao Castelo de Nisa, um espaço apto à produção da Olaria Pedrada de Nisa, uma sala para exposições temporárias e ainda um grande e renovado logradouro para eventos ao ar livre e com acesso à muralha”.

Partilhar artigo:

edição mensal em papel

PUBLICIDADE

Opinião

PUBLICIDADE

© 2024 Alentejo Ilustrado. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.

Assinar revista

Apoie o jornalismo independente. Assine a Alentejo Ilustrado durante um ano, por 30,00 euros (IVA e portes incluídos)

Pesquisar artigo

Procurar