PUBLICIDADE

Novo bispo de Beja anuncia “tempos de escuta”

D. Fernando Paiva envia mensagem à Diocese, anunciando que os primeiros tempos de bispado "serão de escuta".

“Tenho o desejo e a intenção de, assim que possível, a todos conhecer”. Na primeira mensagem que dirigiu à Diocese de Beja, para a qual foi nomeado bispo pelo Papa Francisco, D. Fernando Paiva, 61 anos, até agora vigário-geral na Diocese de Setúbal, assegurou que os seus primeiros tempos de bispado “serão sobretudo tempos de escuta e de conhecimento das pessoas, das instituições, das situações”.

“Agradeço ao nosso Papa Francisco e na sua pessoa à Igreja, a confiança em mim depositada e manifesto a minha disponibilidade inteira, na fidelidade ao Evangelho de Jesus, para servir, na comunhão da Igreja, os que agora me são confiados”, acrescentou.

Depois de “saudar” os bispos eméritos D. João Marcos, que renunciou ao cargo, e D. António Vitalino, o novo bispo manifestou a sua “disponibilidade de trilhar caminhos de entreajuda, na valorização da dignidade da pessoa humana e na promoção do bem comum”.

Mestre em Filosofia da Religião e Fenomenologia Religiosa, pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, D. Fernando Paiva nasceu a 26 de novembro de 1962 em Oliveira (São Pedro do Sul), tendo entrado no seminário depois de uma licenciatura em engenharia no Instituto Superior Técnico de Lisboa. De acordo com a Agência Ecclesia, foi ordenado sacerdote a 10 de abril de 2005, tendo desempenhado diversas funções, como pároco e como vice-reitor do Seminário Maior de São Paulo de Almada, onde foi responsável pelo acompanhamento dos novos padres e pela formação permanente do clero.

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) manifestou, entretanto, a sua “alegria” pela nomeação. “Em plena preparação para o Ano Santo de 2025, desejamos que D. Fernando possa atender, em espírito de missão e com profundo desejo de renovação eclesial inspirado pelo caminho sinodal que a Igreja está a percorrer, aos desafios pastorais da região que agora lhe é confiada”, refere a CEP em comunicado.

Partilhar artigo:

edição mensal em papel

Opinião

PUBLICIDADE

© 2024 Alentejo Ilustrado. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.

Assinar revista

Apoie o jornalismo independente. Assine a Alentejo Ilustrado durante um ano, por 30,00 euros (IVA e portes incluídos)

Pesquisar artigo

Procurar