PUBLICIDADE

Praia de Monsaraz com código para pessoas daltónicas

Trata-se de uma linguagem universal, inclusiva e não discriminatória que permite às pessoas daltónicas identificar as cores. Segundo o Município, a adesão ao sistema “é uma boa prática”, na medida em que este constitui uma melhoria na “acessibilidade de segurança balnear nos diversos suportes de informação e comunicação através da cor”. 

A alteração já está implementada nas bandeiras de praia (verde, amarela e vermelha), nos ecopontos de reciclagem e nos painéis de informação de serviços na praia.

“A autarquia pretende assim promover a inclusão e a integração das pessoas com daltonismo, pois a percepção da sinalização e da cor das bandeiras nas praias é um fator importante para a segurança dos banhistas”, refere a Câmara em comunicado.

Além da praia de Monsaraz, o Município “está a analisar a implementação deste sistema de identificação de cores para daltónicos também nos estabelecimentos de ensino e em espaços culturais e desportivos do concelho”.

Símbolos gráficos

O código ColorADD foi criado pelo designer português Miguel Neiva e baseia-se na representação das três cores primárias através de símbolos gráficos. Adicionando cores, torna-se fácil relacionar os símbolos respetivos e assim identificar toda a paleta de cores, com o branco e o preto a orientar as cores para as tonalidades claras e escuras.

A época balnear na praia fluvial de Monsaraz abriu no dia 1 de junho e termina no dia 22 de setembro, estando assegurada a vigilância das 9h00 às 19h00 pelos nadadores-salvadores.

Partilhar artigo:

edição mensal em papel

PUBLICIDADE

Opinião

PUBLICIDADE

© 2024 Alentejo Ilustrado. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.

Assinar revista

Apoie o jornalismo independente. Assine a Alentejo Ilustrado durante um ano, por 30,00 euros (IVA e portes incluídos)

Pesquisar artigo

Procurar